31/08/2017

INATIVIDADE FÍSICA É O 4º MAIS IMPORTANTE RISCO DE MORTE NO MUNDO

Aproveite o dia do profissional de educação física, dia 1 de setembro, para buscar orientações para sair do sedentarismo.

Você sabia que, todos os anos, mais de três milhões de pessoas morrem por doenças que podem ser prevenidas com a prática diária de atividades físicas? Segundo o Ministério da Saúde, a inatividade física já é o quarto mais importante fator de risco de morte no mundo. No Brasil, o último Diagnóstico Nacional do Esporte, realizado pelo Ministério do Esporte em 2015, apontou que 45,9% da população não pratica nenhum esporte ou atividade física. É importante que esta realidade mude, o quanto antes, para que tenhamos um futuro melhor para o País e seus habitantes. E um profissional que pode ajudar nesta transformação é o educador físico, que tem seu dia comemorado em 1º de setembro.
 
O acompanhamento do profissional de atividade física é extremamente importante para o sucesso da prática de esportes e atividades físicas, principalmente para as pessoas que estão saindo do sedentarismo e procurando uma vida mais saudável. O educador físico tem conhecimento para avaliar e orientar cada um, de acordo com suas necessidades e respeitando suas limitações.
 
A Educação Física é uma área ampla e não se restringe apenas às academias e escolas. O profissional formado nessa área pode atuar com ginástica laboral, esportes e em áreas recreativas, por exemplo. O profissional licenciado atua exclusivamente na Educação Básica, enquanto o Bacharelado possibilita o trabalho em outras áreas não relacionadas com o ensino, podendo atuar como personal trainer, técnico desportivo e treinador.
 
Independentemente da área em que o Profissional de Educação Física atua, ele sempre está diretamente relacionado com a promoção da saúde e aumento da qualidade de vida da população. É ele quem garante que a atividade está ocorrendo de maneira adequada, melhorando a saúde de quem está praticando.
 
O professor de educação física e o profissional mais indicado para acompanhar quem está começando a se exercitar. Já sabemos que pequenas mudanças na rotina atribulado do mundo moderno em que vivemos, faz toda a diferença. Entre elas estão: descer alguns pontos antes do ônibus e caminhar até o seu destino, subir pelas escadas ao invés de usar o elevador, brincar com as crianças e, até mesmo, dançar. A frequência é extremamente importante. O recomendado é praticar atividades físicas diariamente, ou pelo menos na maioria dos dias da semana. O importante é sair da inércia o quanto antes!
 
Curiosidades
Apesar de se considerar, no Brasil, que a Educação Física está presente desde a colonização, a ginástica foi incluída oficialmente nos currículos das escolas primárias e secundárias apenas em 1851, através da Lei 630. Já o Dia do Profissional de Educação Física surgiu em razão da regulamentação da profissão por meio da Lei Federal 9.696/98, de 1° de setembro, que também criou os Conselhos Federais e Regionais de Educação Física.
 
Para garantir que o profissional de Educação Física esteja apto a promover a saúde da população, os cursos oferecidos pelas universidades não se baseiam apenas na prática de exercícios, dança e esportes. Durante toda a formação, o profissional é informado sobre o funcionamento do corpo e tem acesso a matérias como fisiologia, anatomia humana, bioquímica, biofísica e comportamento motor.

Notícias Relacionadas